Instaurada em Extrema mais uma CPI – “A do Pão de Mel”

Redação19 de maio de 20213min0
Produtos vencidos estavam armazenados em uma escola desde o mês de setembro de 2020 (mês de referencia de inicio das doações) e uma grande quantidade já foi descartada no aterro sanitário sem o conhecimento da indústria

A CPI teve origem em uma visita feita a uma escola de CEIM no dia 01/04/2021 pelo vereador Carlos Henrique Tomas (Carlão), que recebeu uma denuncia e se dirigiu ao local para averiguar a procedência da informação. Lá o vereador constatou que havia nas dependências da unidade escolar mais de 7000 caixas de pão de mel, doadas por uma importante indústria da cidade para serem distribuídas aos alunos da rede municipal e que estavam armazenadas de forma irregular, além de estarem com data de validade vencida desde o dia 11/03/2021. Além disso, o vereador foi informado que já haviam sido descartadas no espaço do aterro sanitário outras caixas contendo os produtos vencidos e que não foram distribuídos aos alunos, como era o objetivo da doação. A entrega dos produtos para a prefeitura teria sido feita em setembro de 2020 e não foi esclarecido porque, depois de tanto tempo os produtos ainda não haviam sido distribuídos, especialmente em um momento de pandemia nos a dificuldade que muitas famílias enfrentam para alimentar seus filhos.

Visando preservar as possíveis ações que deveriam ser tomadas pelo legislativo, o vereador fez questão de acionar a Policia Militar e registrar um Boletim de Ocorrência sobre os fatos e anexou o documento ao pedido de instauração da CPI junto à presidência da Câmara.

A COMISSÃO

No dia de hoje (18/05/2021) depois de muita polêmica o presidente do legislativo vereador Sidney Soares Carvalho (Walderrama) baixou finalmente a portaria que nomeia os vereadores Tamara Martiniuk, Lucio Chiaperini e Carlos Henrique de Paula Tomás (Carlão), para comporem a Comissão que vai investigar os fatos.

O pedido para que a CPI fosse instaurada e assinado pelos vereadores Carlos Henrique Tomas (Carlão), Péricle Mazzi (Pepi), Luiz Fernando Ferreira (Mantega), Lúcio Chiaperini e Edvaldo dos Santos Junior (Juninho), foi acatado com a votação unânime de todos os parlamentares da casa. Mesmo estando suspenso de suas atividades como parlamentar o vereador Carlão foi nomeado para integrar a Comissão. Que os entendidos da lei tragam os esclarecimentos.

Redação