Extrema se prepara para receber novas empresas que deverão gerar cerca de 1000 empregos

Redação - Cláudio Coutinho7 de maio de 20203min8
Duas investidoras do ramo imobiliário estão construindo novos condomínios de galpões que irão receber novas empresas na cidade

Fulwood e KSM empresas que investem no ramo imobiliário estão construindo condomínios de galpões de grande porte que deverão abrigar novas empresas que integrarão o parque empresarial em Extrema.

Segundo o Secretário de Indústria e Comércio da prefeitura, Adriano Carvalho a Fulwood já fez a entrega da primeira fase de seu projeto.

Já a KSM está com boa parte pronta e quando as obras terminarem o armazém mais adiantado será para a Nívea, uma empresa que instalará seu armazém com centro de distribuição e logística.

Além da Nívea outras empresas dos ramos de comércio eletrônico ou logística e outras dos setores de móveis, eletrônicos e farmacêuticos estão em fase de negociação para se instalar ou em fase de apresentação de documentação para entregar à prefeitura que concedeu a isenção de IPTU e fez as obras viárias dos dois condomínios. “Além disso, o Governo de Minas está concedendo o regime especial de ICMS para as empresas que se instalarem em nosso Parque Empresarial”, afirmou Adriano.

O secretário disse ainda que somando as empresas que irão se instalar nos condomínios que estão sendo construídos pela Fulwood e pela KSM, existe uma expectativa de serem gerados pelo menos até 1 mil empregos. “Importante lembrar que como alguns armazéns deverão ficar prontos no segundo semestre de 2020 existe a possibilidade de termos algumas empresas ocupando o espaço já no primeiro semestre de 2021”, declarou.

Nossa reportagem conseguiu ainda a importante informação de que mesmo com a crise da pandemia nenhuma empresa que está negociando a sua chegada a Extrema desistiu de seus projetos o que gera uma excelente expectativa nos negócios da região.

O investimento da Fulwood em Extrema na construção do condomínio que está em andamento é de aproximadamente 350 milhões de reais, enquanto que o da KSM deve ultrapassar os 150 milhões de reais.

Veja na abertura de nossa reportagem imagens dos condomínios da Fulwood e da KSM.

Redação - Cláudio Coutinho


    8 comentários

    • Edson Roberto da Silva

      7 de maio de 2020 at 16:07

      Boa tarde. Como é gratificante ver e reconhecer o trabalho de um prefeito sério e comprometido com o povo, além de excelente médico. Parabéns Bergamin, que é de Ibiporã-Pr.
      Sou Edson Roberto da Silva, meu apelido é Chumbo e sempre nos encontramos nos Reencontros do pessoal antigo de Ibiporã, na chácara Patrial.

      Reply

      • Redação - Cláudio Coutinho

        8 de maio de 2020 at 9:40

        Olá Edson. Apenas para esclarecer o atual prefeito n~~ao é o Dr. Luiz Bergamin e sim o que era seu vice na gestão anterior o sr. Joao Batista da Silva. Grato pelo contato. Abraço da Equipe.

        Reply

        • Felipe SIlveira

          6 de julho de 2020 at 23:36

          O prefeito não é o Dr.Luiz mas, tudo isso é resultado de um trabalho de muitos anos em prol de nossa amada Extrema.
          As eleições vem aí e janeiro de 2021 o progresso continua!!!

          Reply

    • Leandro

      7 de maio de 2020 at 16:38

      Como faço para mandar o currículo

      Reply

      • Redação - Cláudio Coutinho

        8 de maio de 2020 at 9:38

        Olá Leandro… Veja no texto da reportagem que ainda est~~ao sendo construídos os galpoes. Certamente as empresas v~~ao publicar as entrevistas e entregas de CV quando estiverem prontas. Abraço da Equipe

        Reply

    • Janaina

      7 de maio de 2020 at 23:49

      Estas novas empresas q estao se instalando aqui tem q ser melhor fiscalizadas pq de longe se ve no ar umas fumaças q sao poluentes e tbm na agua, nao e so fazer o galpão e colocar a empresa dentro pois nossa cidade tem um paraiso a zelar e muitas pessoas q fazem dela um polo industrial e merecem continuar com sua qualidade de vida.

      Reply

      • Redação - Cláudio Coutinho

        8 de maio de 2020 at 9:36

        Bom dia Janaína. Conversamos com o Secretario de Industria e Comércio que esclareceu que a prefeitura nao está autorizando a vinda de industrias poluentes, até porque os galpoes que estao sendo construídos serao somente para atender a empresas em logística e n~~ao para industrias.

        Reply

    Deixa um Comentário

    Seu email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *